Como remover o autocompletar na busca do Magento?

0 votos, 0.00 média (0% pontuação)
Remover a opção de autocompletar na busca do magento
Remover a opção de autocompletar na busca do magento

Para remover a opção de autocompletar na busca do Magento é bem simples:

  1. Faça Backup
  2. Abra o Arquivo: /app/design/frontend/base/default/template/catalogsearch/form.mini.phtml
  3. Localize a linha:
    searchForm.initAutocomplete(‘<?php echo $this->helper(‘catalogsearch’)->getSuggestUrl() ?>’, ‘search_autocomplete’);
  4. Adicione // (Duas barras) para comentar, ficará assim:
    // searchForm.initAutocomplete(‘<?php echo $this->helper(‘catalogsearch’)->getSuggestUrl() ?>’, ‘search_autocomplete’);
    ]
  5. Limpe o Cache
Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Verifique se o IP de seu servidor consta nas principais blacklists (DNSBL)

2 votos, 5.00 média (98% pontuação)
Blacklist Check (DNSBL)
Principais blacklists de e-mail online (DNSBL)

Se os e-mails enviados do seu servidor estão indo para o SPAM ou não estão sendo entregues como deveria, um dos muitos motivos pode ser que ele esteja em alguma blacklist.

DNSBL São blacklists (listas negras) com IPs de servidores de e-mail, no site abaixo é possível fazer a consulta em mais de 300 blacklists internacionais.

Para consultar se o IP do seu servidor esta listado em alguma, informe o IP do seu servidor e pesquisar. Caso o seu servidor esteja em alguma lista, provavelmente seu servidor esteja enviando SPAMs intencionalmente ou por alguma vulnerabilidade (falha de segurança) estão fazendo a festa no seu servidor.

DNSBLCheckwww.multirbl.valli.org

 

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Instale o (D)DoS Deflate para proteger seu servidor

2 votos, 5.00 média (98% pontuação)

(D)DoS Deflate é um script de segurança que protege o seu servidor de a ataques de negação de serviço (Distributed Denial of Service), muito útil e de fácil configuração (se precisar configurar).

O script é configurado por padrão para bloquear o IP por 600 segundos e é executado a cada 1 minuto. Ou seja ele executa o comando abaixo verificando a quantidade de conexões originadas do mesmo IP, checando se seu servidor esta sendo atacado:

netstat -ntu | awk ‘{print $5}’ | cut -d: -f1 | sort | uniq -c | sort -nc | sort -n

Antes de fazer a instalação, veja a localização dos arquivos de configuração:

Arquivo de configuração: /usr/local/ddos/ddos.conf

Também é possível ignorar IPs, adicionado ao arquivo: /usr/local/ddos/ignore.ip.list

Instalação

wget http://www.inetbase.com/scripts/ddos/install.sh
chmod 0700 install.sh
./install.sh

Desinstalação

wget http://www.inetbase.com/scripts/ddos/uninstall.ddos
chmod 0700 uninstall.ddos
./uninstall.ddos

 

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics

3 votos, 4.67 média (93% pontuação)
Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics
Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics

Hoje pela manhã recebi o contato de uma cliente dizendo que estava aparecendo a referência paypal.com (origem) no relatório do Google Analytics, e as (conversões) vendas do Magento com Express Checkout estavam aparecendo conforme imagem abaixo:

Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics
Como remover a Referência (origem) paypal.com no Google Analytics

Resumindo: Isso acontece porque o google inicia uma nova sessão quando seu cliente volta para a loja após fazer o pagamento no Paypal, registrando a conversão com referência sendo paypal.com, não tenho a intenção de explicar detalhes, apenas como resolver e deixar a real origem do seu cliente.

Como Resolver?

  1. No topo do Google Analytics, clique em “Administrador”
  2. Na segunda coluna, selecione a propriedade (Sua loja)
  3. Clique em “Informações de acompanhamento”, depois em “Lista de exclusão de referências”
  4. Clique em “Adicionar exclusão de referência”, informe o domínio paypal.com e clique em “Criar”.
  5. Compartilhe nosso post e ajude outras pessoas!

Após fazer essa pequena configuração, as referências não serão mais registradas no domínio paypal.com e sim a referência inicial que trouxe o cliente para sua loja.

Esta dica não é necessariamente somente para magento e sim para todas as plataformas de e-commerce que utilizam Express Checkout do Paypal.

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Como escolher um Data Center da DigitalOcean

7 votos, 4.86 média (96% pontuação)
Como escolher um Data Center (na DigitalOcean)
Como escolher o melhor Data Center da DigitalOcean (testar latência)

Infelizmente é inviável hospedar um site no Brasil devido ao altíssimo custo e sinceramente não consigo encontrar NENHUMA vantagem que justifique isso. Um dos pontos importantes quando se busca um hospedagem é a latência (é o tempo que leva para um pacote de dados ir de um ponto ao outro) ou seja quanto menor melhor. Mas repito: não vale a pena pagar até 20x a mais no Brasil para conseguir 50 – 100 ms (milésimo de segundo) a menos.

Não preciso nem dizer que virei fã da DigitalOcean, já estou com 12 servidores hospedado na nuvem deles, inclusive este blog.

Enfim, a DigitalOcean tem 11 Data Centers e é possível escolher em qual deles você quer colocar seu(s) site(s). Acesse o link abaixo e escolha o que tiver e menor latência.

Testar Ping DigitalOcean

Dica! Se você esta no Brasil, provavelmente os Data Centers que estão em Nova York serão as melhores opções (este blog esta no NYC3)

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Tutorial EasyEngine – Como instalar o LEMP (Linux, Nginx, MySql e PHP)

1 voto, 5.00 média (97% pontuação)
Tutorial EasyEngine – WordPress com LEMP (Linux, Nginx, MySQL e PHP)
Tutorial EasyEngine – Como instalar o LEMP (Linux, Nginx, MySQL e PHP)

Hoje vou mostrar como fazer a instalação completa do LEMP (Linux, Nginx, MySql e PHP) com todos os softwares necessários (como o Postfix e PHPMyAdmin) para que seu VPS possa atuar como um servidor de webhosting (hospedagem de sites) totalmente otimizado. O EasyEngine instala tudo isso e muito mais, de forma super fácil e quase não requer “nenhum conhecimento técnico”, em poucos minutos você terá um ambiente perfeito para hospedar seus blogs WordPress preparado para muitos, muitos acessos simultâneos!

O EasyEngine foi desenvolvido por uma equipe mais que especializada em WordPress, para simplificar o processo de instalação, configuração e gerenciamento do Nginx. Ele instala automaticamente tudo que você precisa para hospedar sites de alto tráfego.

Chega de conversa, vamos ao passo-a-passo:

  1. Você precisa de um VPS, Cloud ou Servidor Dedicado com Ubuntu 12.04 ou 14.04. Recomendo a DigitalOcean (Cloud de excelente qualidade e muito, muito barato)!
  2. Após receber os dados de acesso do seu Cloud, utilize um software para acesso SSH como o Putty para se conectar, digitando seu host ou IP e senha.
  3. Após fazer a conexão rode o seguinte comando para acessar o diretório temporário:
    cd /tmp
  4. Depois digite o comando abaixo para instalar o script EasyEngine:
    wget -qO ee rt.cx/ee && sudo bash ee

Após fazer a instalação veja alguns comandos básicos para criação de diferentes tipos de instalação de WordPress e Sites:

  • Instalação Básica do WordPress:
    sudo ee site create exemplo.com --wp
  • Instalação otimizada com o Plugin W3 total Cache:
    ee site create exemplo.com --w3tc
  • Instalação otimizada com Plugin WP Super Cache:
    ee site create exemplo.com --wpsc
  • Instalação de um Site Simples em HTML:
    ee site create exemplo.com --html
  • Instalação de um Site com PHP + Mysql:
    ee site create exemplo.com --mysql

Esses são os principais comandos utilizados para a criação dos sites, veja toda a documentação no link: http://docs.rtcamp.com/easyengine/commands/

É isso!

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais