Remover Estado e País do carrinho no magento

5.00 avg. rating (97% score) - 1 vote
Remover Estado e País do carrinho no magento
Remover Estado e País do carrinho no magento

Em um processo de compra simplificado, não faz muito sentido você fazer o seu cliente preencher os Campos País e Estado, tornando desnecessário ara a maioria das lojas virtuais.

Para remover “ocultar” os campos de País e Estado no Carrinho do magento é muito simples:

  1. Faça backup
  2. Abra o arquivo “app > design > frontend > default > default > template > checkout > cart > shipping.phtml
  3. Localize as TAGS li referente as label “country” e “region_id”
  4. Altere os campos de:
    <li>
  5. Por:
    <li style="display: none;">
  6. Limpe o cache

 

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Conheça os 2 Melhores Programas de Afiliados para sites e blogs Adulto

4.50 avg. rating (91% score) - 2 votes
Programas de Afiliados para sites e blogs Adulto
Programas de Afiliados para sites e blogs Adulto

Trabalhei por muitos anos com hospedagem de blogs adultos, sem dúvida é uma ótima forma de ganhar dinheiro “fácil” na internet, todo mundo acessa, fato! Uma das dificuldades dos meus clientes eram achar um bom programa de afiliados nacional, que pagasse bem e sem enrolação, muitos deles  colocavam os programas de afiliados gringos onde precisava acumular  mais de R$500,00 e quando estava atingindo esse valor ele cancelavam a conta, isso aconteceu com pelo menos 2 clientes, tudo bem que eles vendiam isso fácil, mas perder R$500,00 não é nada legal.

Nos últimos anos muitas empresas criaram bons programas de afiliados nacional, muitos fecharam e outros estão cheio de reclamações. Enfim, a intensão não é falar das empresas ruins, para isso existe o Reclame Aqui. Rs

Eu já havia feito um post a alguns anos atrás e na verdade não mudo nada do que já havia dito, e incluo mais um programa de afiliados, segue abaixo as características em comum que ambos os programas de afiliados possuem:

  • Ambos São 100% Nacionais
    • Fica tudo mais de se resolver quando se tem alguma dúvida ou problema.
  • Ambos Trabalham apenas com Produtos a Pronta Entrega, sem intermediários como Dropshipping, Cross Docking, Encomendas, etc…
    • É importante você ter essa informação, pois se você recomenda uma loja que costuma ter problemas com entrega que é muito comum nessas modalidades, ou ter a sua privacidade exposta com intermediadores, lembre-se foi o seu blog que indicou! Perder a confiança do visitante é o primeiro passo para falir o seu blog).
  • Os mais altos comissionamentos nacionais.
    • Afiliados Elas Curtem – 10% de Comissão
    • Sex Shop Boys Afiliados – de 10 a 15% de Comissão
  • Pagamento Fácil, sem taxas e descomplicado.
    • Afiliados Elas Curtem – Pagamento via PagSeguro ou Paypal
    • Sex Shop Boys Afiliados – Depósito em Conta Bancária
  • Ilimitadas formas de Divulgação
    • Pode ser divulgado em diversas mídias como Blog, Site, Facebook, Twitter, etc… Por possuírem link personalizado.
  • Empresas sólidas no mercado com excelência no atendimento, eu mesmo testei o atendimento via chat. rs
    • Afiliados Elas Curtem – 1 ano no mercado
    • Sex Shop Boys Afiliados – 4 anos no mercado

Afiliados Elas Curtem

Sex Shop Boys Afiliados

Fica aqui a minha contribuição para os blogueiros que trabalham com conteúdo pornográfico, erótico, adulto. Cadastre-se nos dois e escolha o melhor para o seu blog.

Sucesso!

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Como remover o autocompletar na busca do Magento?

5.00 avg. rating (97% score) - 1 vote
Remover a opção de autocompletar na busca do magento
Remover a opção de autocompletar na busca do magento

Para remover a opção de autocompletar na busca do Magento é bem simples:

  1. Faça Backup
  2. Abra o Arquivo: /app/design/frontend/base/default/template/catalogsearch/form.mini.phtml
  3. Localize a linha:
    searchForm.initAutocomplete(‘<?php echo $this->helper(‘catalogsearch’)->getSuggestUrl() ?>’, ‘search_autocomplete’);
  4. Adicione // (Duas barras) para comentar, ficará assim:
    // searchForm.initAutocomplete(‘<?php echo $this->helper(‘catalogsearch’)->getSuggestUrl() ?>’, ‘search_autocomplete’);
    ]
  5. Limpe o Cache
Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Verifique se o IP de seu servidor consta nas principais blacklists (DNSBL)

5.00 avg. rating (98% score) - 2 votes
Blacklist Check (DNSBL)
Principais blacklists de e-mail online (DNSBL)

Se os e-mails enviados do seu servidor estão indo para o SPAM ou não estão sendo entregues como deveria, um dos muitos motivos pode ser que ele esteja em alguma blacklist.

DNSBL São blacklists (listas negras) com IPs de servidores de e-mail, no site abaixo é possível fazer a consulta em mais de 300 blacklists internacionais.

Para consultar se o IP do seu servidor esta listado em alguma, informe o IP do seu servidor e pesquisar. Caso o seu servidor esteja em alguma lista, provavelmente seu servidor esteja enviando SPAMs intencionalmente ou por alguma vulnerabilidade (falha de segurança) estão fazendo a festa no seu servidor.

DNSBLCheckwww.multirbl.valli.org

 

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Instale o (D)DoS Deflate para proteger seu servidor

5.00 avg. rating (98% score) - 2 votes

(D)DoS Deflate é um script de segurança que protege o seu servidor de a ataques de negação de serviço (Distributed Denial of Service), muito útil e de fácil configuração (se precisar configurar).

O script é configurado por padrão para bloquear o IP por 600 segundos e é executado a cada 1 minuto. Ou seja ele executa o comando abaixo verificando a quantidade de conexões originadas do mesmo IP, checando se seu servidor esta sendo atacado:

netstat -ntu | awk ‘{print $5}’ | cut -d: -f1 | sort | uniq -c | sort -nc | sort -n

Antes de fazer a instalação, veja a localização dos arquivos de configuração:

Arquivo de configuração: /usr/local/ddos/ddos.conf

Também é possível ignorar IPs, adicionado ao arquivo: /usr/local/ddos/ignore.ip.list

Instalação

wget http://www.inetbase.com/scripts/ddos/install.sh
chmod 0700 install.sh
./install.sh

Desinstalação

wget http://www.inetbase.com/scripts/ddos/uninstall.ddos
chmod 0700 uninstall.ddos
./uninstall.ddos

 

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais

Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics

4.67 avg. rating (93% score) - 3 votes
Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics
Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics

Hoje pela manhã recebi o contato de uma cliente dizendo que estava aparecendo a referência paypal.com (origem) no relatório do Google Analytics, e as (conversões) vendas do Magento com Express Checkout estavam aparecendo conforme imagem abaixo:

Excluir a Referência (origem) PayPal no Google Analytics
Como remover a Referência (origem) paypal.com no Google Analytics

Resumindo: Isso acontece porque o google inicia uma nova sessão quando seu cliente volta para a loja após fazer o pagamento no Paypal, registrando a conversão com referência sendo paypal.com, não tenho a intenção de explicar detalhes, apenas como resolver e deixar a real origem do seu cliente.

Como Resolver?

  1. No topo do Google Analytics, clique em “Administrador”
  2. Na segunda coluna, selecione a propriedade (Sua loja)
  3. Clique em “Informações de acompanhamento”, depois em “Lista de exclusão de referências”
  4. Clique em “Adicionar exclusão de referência”, informe o domínio paypal.com e clique em “Criar”.
  5. Compartilhe nosso post e ajude outras pessoas!

Após fazer essa pequena configuração, as referências não serão mais registradas no domínio paypal.com e sim a referência inicial que trouxe o cliente para sua loja.

Esta dica não é necessariamente somente para magento e sim para todas as plataformas de e-commerce que utilizam Express Checkout do Paypal.

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Leia Mais