Configurar cron do Magento no Plesk

0 votos, 0.00 média (0% pontuação)
Configurar cron do Magento no Plesk
Configurar cron do Magento no Plesk

Veja como configurar cron do Magento de forma super simples no Painel Plesk.

Estou usando a interface “Visualização de provedor de serviço” no Plesk 11 com Linux.

  1. Clique em “Ferramentas & configurações”
  2. Depois clique em “Tarefas Agendadas”
  3. Selecione o usuário “root”
  4. configure conforme abaixo, trocando “SERVIDOR” pelo nome do servidor e “DIRETÓRIO-MAGENTO” para a pasta onde esta instalado o Magento.
/bin/sh /var/www/vhosts/SERVIDOR/DIRETÓRIO-MAGENTO/cron.sh
Veja como configurar cron do Magento no Plesk
Veja como configurar cron do Magento no Plesk

 

É isso!

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Magento não envia e-mail pelo painel, admin?

1 voto, 4.00 média (86% pontuação)
Magento não envia e-mail pelo painel admin
Magento não envia e-mail pelo admin

Fiz a instalação de duas lojas magento na versão 1.8.1 e me deparei com esse erro, onde não é reenviado e-mail do pedido pelo botão “Enviar E-mail” pelo painel (admin), na parte superior dentro do pedido, conforme abaixo:

Enviar e-mail Magento
Enviar e-mail Magento

 

Antes de tudo faça backup!

 

Faça uma cópia do arquivo:

app/code/core/Mage/Sales/Model/Order.php

Para

app/code/local/Mage/Sales/Model/Order.php

(Se os diretório não existirem, crie.)

 

Procure o trecho abaixo no arquivo que você criou a cópia:

$emailSentAttributeValue = $this->load($this->getId())->getData('email_sent');
    $this->setEmailSent((bool)$emailSentAttributeValue);
    if ($this->getEmailSent()) {
        return $this;
    }

 

E comente a linha //return $this; com duas barras “//” conforme abaixo:

if ($this->getEmailSent()) {
            //return $this;
        }

 

É isso!

Esta dica também funciona no magento 1.9

 

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

POODLE: Vulnerabilidade no SSLv3, veja como testar e resolver no Plesk!

1 voto, 3.00 média (76% pontuação)
POODLE: Vulnerabilidade no SSLv3
POODLE: Vulnerabilidade no SSLv3

 

Foi descoberta pela equipe do google uma nova vulnerabilidade na versão 3.0 do SSL apelidada de Poodle. A vulnerabilidade permite a descriptografia de conexões seguras.

Para a melhor segurança, é recomendável desabilitar completamente o SSL 3.0, somente assim é possível resolver o problema, no entanto ocorrerá problemas de compatibilidade em navegadores antigos.

Caso utilize Painel Plesk, baixe e rode o script abaixo correspondente ao seu sistema operacional:

Linux

Windows

Ou consulte a documentação do seu sistema operacional para desabilitar o SSL 3.

 

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

WHMCS Grátis para revenda de hospedagem de sites

2 votos, 4.00 média (84% pontuação)
Veja como obter uma licença do WHMCS GRÁTIS, Free
Veja como obter uma licença do WHMCS GRÁTIS

O WHMCS (WebHost Manager Complete Solution), é um sistema completo de gestão de Hospedagem de Sites que possui gerenciamento e suporte aos clientes, gestão financeira completamente integrado com seu WHM/Cpanel, Plesk, DirectAdmin e outros sistemas de gestão de servidores.

Se você esta pensado em criar uma empresa de hospedagem de sites, com certeza vai precisar de um sistema para administrar suas finanças, clientes e suporte e com o WHMCS você tem tudo isso totalmente automatizado.

Veja algumas das funcionalidades do WHMCS:

  • Administração financeira completa e automatizada.
  • Enviar faturas em PDF com aparência profissional aos seus clientes, com seu logotipo e informações da sua empresa de hospedagem.
  • Painel para venda de planos de hospedagem, VPS, Servidores dedicados, certificados SSL e o que mais a sua empresa de hospedagem comercializar.
  • Painel de cliente para gerencias os produtos contratados e solicitar suporte.
  • Integração com Pagseguro, PayPal e outras dezenas de gateway de pagamento com processamento automatizado.
  • Integração com diversas empresas de registro de domínios.
  • Sistema interno se suporte a clientes através de tickets.

 

Clique na imagem para visualizar o painel do sistema.

Você pode utilizar o sistema pagando $15.95 pela licença mensal ou adquirindo qualquer plano de revenda de hospedagem na hostgator, o planos básico de revenda deles hoje custa só R$51,99 e inclui uma licença do WHMCS GRÁTIS.

Clique aqui para contratar sua revenda e obter WHMCS GRÁTIS

Os valores utilizados foram os valores consultados na data de criação do post e poderão ser alterados a qualquer momento pelas empresas citadas.

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Vulnerabilidade Bash Shellshock (CVE-2014-6271, CVE-2014-7169), veja como resolver.

1 voto, 5.00 média (96% pontuação)
Vulnerabilidade Bash Shellshock (CVE-2014-6271, CVE-2014-7169)
Vulnerabilidade Bash Shellshock (CVE-2014-6271, CVE-2014-7169)

 

No dia 24/09/2014 foi divulgada uma vulnerabilidade no bash chamada de Shellshock CVE-2014-6271, CVE-2014-7169, esta vulnerabilidade permite a execução de códigos remotamente no interpretador de comandos no Linux.

Como não curto muita teoria, vamos a atualização:

Dificilmente o seu sistema não esteja vulnerável, para fazer o teste rode o código:

env x='() { :;}; echo vulnerable' bash -c "echo this is a test"

Se retornar “vulnerable” você precisa atualizar o bash urgentemente.

Para sistemas baseados no Red Hat como Centos, execute o comando:

yum update bash

É isso!

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Categorias e tags do WordPress sumiram? Veja como resolver!

4 votos, 4.75 média (94% pontuação)
Categorias e tags do WordPress sumiram, desapareceram?
Categorias e tags do WordPress sumiram, desapareceram?

 

Com certeza se você chegou até aqui foi porque as categorias e tags do seu WordPress simplesmente sumiram ou desapareceram, correto? Isso geralmente ocorre quando o diretório /tmp do servidor esta cheio, se você não possui acesso ao servidor entre em contato com o suporte da sua hospedagem e solicite que seja feita a limpeza do diretório /tmp do servidor, e se você possui acesso, simplesmente acesse remotamente via SSH e execute os comandos:

cd /tmp
rm -rf *

Outra forma que pode resolver é simplesmente reiniciando o servidor.

Se achou útil, compartilhe...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter